sábado, 10 de agosto de 2013

Peça Teatral sobre drogas lícitas e drogas ilícitas. Drogas: uma questão preocupante

A droga é um   problema  no mundo inteiro, e atinge pessoas de todas as idades e de todas as classes sociais. Dividem-se em dois grupos: 1) as chamadas drogas lícitas - aquelas que não são proibidas por lei: o cigarro, a bebida alcoólica, os tranquilizantes; 2) as drogas ilícitas - as criminalizadas, ou seja,  proibidas por lei: maconha, cocaína, crack etc. Todas  são prejudiciais a nossa saúde.   
prevenção é a melhor forma de combater seu uso. Por isso, postamos aqui  esta  peça teatral, escrita pelo professor baiano, Ediênio Farias, da cidade    de Ibiassucê,   publicada no   Site  Recanto das Letras,   em 2006.   O objetivo é   atingir  as crianças e os jovens,  principalmente, mas sem  gerar constrangimentos. Daí, a  escolha de  um recurso que eles tanto  apreciam -  o teatro. Esperamos que os colegas  professores gostem e  criem um projeto interdisciplinar com o tema.  A turma vai adorar. Sucesso !

Personagens: 
(Três adolescentes farão os papeis de 1) droga, 2) cigarro 3)  bebida alcoólica. Outro fará o papel do  dono da casa -   Eduardo,  um menino pobre, que resiste bravamente as tentações. 
Época:  presente.      Cenário:  sala da casa de Eduardo.             

Roteiro: 
Primeiro os dois narradores fazem a preleção, dramatizando o texto Narradores 1 e 2. Retiram-se do palco e  tem início a peça.  

CENA 1
Jovem I,  no papel da Droga,  chega batendo na porta bem forte com um pacotinho na mão:  toc... toc... toc...
(Eduardo de dentro da sala vai caminhando até a porta)
EDUARDO:               _Quem bate?
JOVEM 1:                 _Sou eu,  a Droga !
EDUARDO:              _droga? Pra que droga?  Não! Vá embora!  Não quero te conhecer, muito menos experimentar!

JOVEM 1:             _ Abra só um pouquinho!  Sou eu que vou cruzar seu caminhoCauso câncer, deixo o cara fraquinho!

CENA II
Logo chega o jovem 2, no papel de Cigarro.  Com um cigarro na boca e outro na orelha , vai bater na porta.  Mas antes dá um toque na mão da Droga, que sai de cena gingando o corpo.       JOVEM 2: Toc... Toc... Toc...
EDUARDO:   _Quem bate?
JOVEM 2:    _Sou eu o Cigarro!
EDUARDO:  _Cigarro? Pra que cigarro? Você  é bem fedido! Além de ruim,  é claro !
(jovem 2,  bem nervoso e esmurrando a porta), grita: 
-  Abraaa! Preciso destruir seus dentes! Cegar você até ter que usar lentes. Secar e destruir seu bom coração, totalmente!

EDUARDO:  _Nunca !  Acha que sou louco!  Vá embora,  para sempre !
( jovem dois abaixa a cabeça e sai de fininho).


CENA III
Jovem 3 (uma menina no papel da Bebida Alcoólica).  Chega com uma garrafa de bebida  na mão (coloque água),  toda esfarrapada e bêbada. Bate na porta:  toc... toc ... toc...
EDUARDO:  _Quem bate?
JOVEM 3:   _Sou a Bebida Alcoólica!
EDUARDO:  _Bebida Alcoólica?  Pra que bebida alcoólica? Não! Vá embora! Prefiro dizer:  estou fora!
JOVEM 3:    _Abra! Preciso ver você caído nas ruas, sem nenhum abrigo, sujo, esfarrapado e sem saída!
EDUARDO:   _Pode cair fora! Sou forte. Tenho sorte. Já tenho prazer! Sei o que fazer pra ficar longe de você! Na minha vida feliz prefiro rezar, estudar,  ler, comer, dançar, ir ao cinema e ver TV. Sou forte,  pode  crer!
(A bebida alcoólica sai cambaleando e vai embora resmungando.  Eduardo dá um suspiro bem profundo e cai na cadeira aliviado). 
EDUARDO:   _ Imagine só se vou abrir as portas de minha vida para essas três tentações!  Resistirei sempre ! 
(Abre a palma da mão e mostra para o público). Retira-se do palco.  Fim. 



Narradores 1 e 2: dois alunos entram  no palco, para fazer  a abertura da peça com a leitura  dramatizada dos textos abaixo. Ao concluírem,   saem do palco,  e tem início a  peça. 



Narrador 1: No conjunto das drogas as mais utilizadas pelos jovens são as drogas lícitas: tabagismo, álcool e tranquilizantes.

Narrador 2: Somente em quarto lugar é que vem as drogas consideradas ilícitas, como a maconha, cocaína, crack, e outras...

Narrador 1: A pesquisa mais recente sobre drogas verificou que 11,2 % da população brasileira é dependente de bebidas alcoólicas, 9% de tabaco e 1% de maconha.

Narrador 2: Ou seja, 1 % nessa pesquisa correspondente, aproximadamente, a 1 milhão e 700 mil habitantes brasileiros que são usuários de maconha.

Narrador 1: Geralmente, pelo resultado da referida pesquisa, os meninos e meninas começam a usar drogas com a mesma idade (em média, aos 12 anos).

Narrador 2: A dependência provoca reações comportamentais diferentes entre os adolescentes.

Narrador 1: As mudanças de comportamento são mais evidentes nos meninos. Envolvimento com a polícia, atraso e abandono escolar são mais comuns entre os garotos.

Narrador 2: Já os sintomas depressivos são mais freqüentes nas meninas.

Narrador 1: Podemos perceber ai que a chance de um jovem entrar em contato com as drogas é muito grande.

Narrador 2: Um dos maiores motivos pelos quais os adolescentes passam a usar essa substancia química é a curiosidade.

Narrador 1: São muitas as outras razões que levam um adolescente a experimentar drogas: problemas na família, falta de emprego, influência de terceiros...

Narrador 2: Existe uma fantasia que é a escalada da droga: a de que se começar com um baseado, vai para o segundo, terceiro, e depois vai para a cocaína e para outras drogas mais fortes.

Narrador 1: Voltar nossa atenção para a escola poderia ser um bom enfrentamento dessa situação.

Narrador 2: Por isso que o Centro Educacional de Ibiassucê nesta unidade elaborou um projeto interdisciplinar retratando os problemas das drogas no nosso município (Ibiassucê).

Narrador 1: Os professores de algumas disciplinas apresentaram textos, músicas, vídeos... bastante interessantes e educativos, mostrando a realidade do Brasil.

Narrador 2: Por meio de diálogos, debates  e trabalhos propostos em sala de aula,  a mercê do tema de Drogas, foi possível criar esta  peça teatral.

 Autor: Ediênio Farias.Recanto das Letras, 2006. 

Sugestão: substituir o nome da escola do autor da peça, pelo nome da escola que está  fazendo a apresentação,  mas dando os créditos ao autor, o professor Ediênio Farias. 
Saiba mais. Acesse: Turma da Mônica Jovem na Prevenção do uso do álcool e outras drogas.  Mauricio de Souza Editora.  Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. 
Disponível em:    http://decarapravida.com.br/site/repoerica/MonicaJovemalcool.pdf


O Ministério Público do Estado de São Paulo propõe uma ampla mobilização da sociedade em um assunto que atinge os interesses da criança e do adolescente expostos diariamente à propaganda de cerveja
Sabia que a exposição à publicidade de bebidas alcoólicas está relacionada ao maior e mais precoce consumo, principalmente entre adolescentes e adultos jovens? Quer ajudar a impedir que isso aconteça? Faça parte da campanha que o Ministério Público de São Paulo está organizando. 
Saiba mais. clique  na frase:  cerveja também é algo. 
Atualização: 24/04/14

26 comentários:

  1. Adorei. Ótimo texto e certamente usarei.
    Abraços
    Sônia
    Minas Gerais

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sonia ! Muitíssimo obrigada. De fato, o texto é simples, curto e vai direto ao ponto. Também adorei. Ah, visitei seu blog -Teias de Linguagem. Muito bom ! Parabéns ! Postei um comentário.
    Recomendo -o http://soniamsilveira.blogspot.com.br/
    Volte sempre e recomende-nos. Muito Axé da capital da Bahia, para vc, e toda a nossa querida Minas Gerais.

    ResponderExcluir
  3. Gostei bastante do texto, irei no final do projeto sobre drogas.
    Obrigada.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Valeu, anonimo(a) ! Volte sempre e compartilhe nosso site.
    Abraços !

    ResponderExcluir
  5. nossa muito legal!!!! gostei muito
    sao curto e objetivos :D

    ResponderExcluir
  6. Nossa amei , muito bom e outra parabéns algo em pouco tempo com muita qualidade vou utilizar com certeza .
    Sarah

    ResponderExcluir
  7. mto massa adorei e vou usaar, pde ter certezaah

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, esclarecedor, vou usar, obrigada.

    ResponderExcluir
  9. Oi adorei o texto vou usalo agora concerteza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada anônimo(a). Fico feliz que tenha gostado e que lhe vai ser útil. Compartilhe nosso blog com seus contatos. Obrigada. Sucesso!

      Excluir
  10. Texto simples, mas que realmente trata de forma compreensiva o assunto: droga.
    Gostei do modo como foi escrito e de todo o texto.
    Pretendo usa-lo!
    E que a cada dia, possamos dizer NÃO as drogas e nos vicia somente em uma coisa: DEUS!
    Que é o caminho, a verdade e a vida.
    Deus abençõe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Railson. Só devemos nos viciar na obediência aos Mandamentos Divinos. Volte sempre ! Abr !

      :

      Excluir
  11. Muiiito Bom, Vou usar essa peça, pra nois apresentar na nossa sala, Aii todo mundo vai adorar, tenho certeza que a nossa vai ser a melhor!!!
    Muiito obrigada! Beiijos *--*

    ResponderExcluir
  12. Obrigada, anônimo(a). Volte sempre ! Boa sorte na sua apresentação !
    Abr !

    ResponderExcluir
  13. Estou com um trabalho teatral sobre as drogas na escola �� .... Ótima essa peça, com certeza irei fazer��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal ! Fico feliz de poder ajudar ! Sucesso !
      Volte sempre ! Compartilhe nosso blog !
      Boa sorte !

      Excluir
  14. Ótima amei muitooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, anônimo ! Compartilhe ! Volte sempre !
      Abr !

      Excluir
  15. Muito bom gue deus venha te abençoando mas e mas

    ResponderExcluir
  16. Muito obrigada, Samara. Compartilhe essa postagem com seus contatos.
    Que Deus nos proteja e nos abençoe ! Amém !

    ResponderExcluir
  17. Amei essa peça vai servir pra minha classe .a dias procuro uma peça assim para podermos apresenta no dia da nossa feira do conhecimento... Adorei de coração. Muito bom.

    ResponderExcluir
  18. Amei essa peça vai servir pra minha classe .a dias procuro uma peça assim para podermos apresenta no dia da nossa feira do conhecimento... Adorei de coração. Muito bom.

    ResponderExcluir
  19. precisa melhorar o designer da pagina

    ResponderExcluir
  20. Obrigada, anônimo. Há tempos estou procurando um web designer para dar um up grade nos meus blogs.

    ResponderExcluir
  21. Gostei, uma peça muito boa para nos alertar sobre o perigo das drogas, como tem no texto "A maioria começa a usar por curiosidade" isto é a pura verdade, a maioria dos adolescentes só usam pra se achar o tal mais mal sabe o mal que causa para ele esta é a geração (fuma, filma e posta). Amei a peça teatral e parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, anônimo. Compartilhe nosso blog. Volte sempre. Abr!

      Excluir

Poste seu comentário sem palavrões ou ofensas. Obrigada